Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
twitter


Palavras.
Palarvas.
Pralavas de um vulcão.
Dada a vogal para o vulcão que em mim reside, este promete se apressar com as lavas.

Dos poucos leitores que me acompanham, acompanhavam ou pretendiam me acompanhar trago notícias novas. Se bom ou não, deixo-me julgar por outrem. O R.G (Rascunhos de Guardanapos) estagnará os registros gerais. É certo que se uma vez me expliquei do porquê de escrever em um blog, acho válido esclarecer do porquê não escrever mais em um blog.

Começo me escusando daqueles que outrora achou tudo isso interessante. Agradeço profundamente pelo carinho de todos, pelas imensas visitas diárias, pelos comentários e até pelas palavras de apoio. Agradeço ao Pedro e ao Fabrízio, já que foram legais o bastante para mentir e me incentivar.

O problema mesmo é a Crise Agravada de Enxaqueca Agudamente Crônica. Tenho sofrido de deficiência criativa e insuficiência inspirativa avançada, além das dores de cabeça, claro. Acrescidas de incompetência relativa à planejamento diário e construção de rotina de aproveitamento de tempo. Em outras palavras, não tenho tido o tempo necessário para me dedicar ao R.G como ele merece, como mereço. Que seja.

Minha mãe me odiará por eu ter perdido tantos domingos escrevendo um monte de orações viscerais.
Não foi tempo perdido, foi palavras jogadas fora. Foi necessário.

Mas continuo escorregadia.

Porque sou vulcão. E vulcão tem lava. E lava escorrega, queima e destrói.



~ Maria Tereza Guedes




4 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.
  1. Não consigo crer que estás parando!!!
    Sinceramente, não deveria.

    Em meios a estes pensamentos, me pego a refletir: "será de onde surge tanta criatividade?"

    Bom, tudo bem. Se tens que parar, mudar, fazer... que seja agora! Outrora, talvez quem sabe, sentes saudades e volta para cá.

    Mas lembre-se que não irei mitigar para que compartilhe os seus pensamentos, devaneios, aventuras e travessuras. Rsrs =)

    Não é porque deixei de comentar que não leio suas escritas. Bem!!! Foi bom enquanto durou.

    Sucessos Tpsuni!!!

  1. Palavras,
    Por que dizê-las e escrevê-las?
    Talvez elas não podem ficar presas em nossas mentes por muito tempo,
    Talvez elas precisam ser expressas em voz, papel,
    Por que as palavras para serem lembradas devem ganhar sonoridade, forma, sentido gramatical e interpretativo.

    Maria, sei o quanto demoramos para dar forma e sentido às palavras e transformá-las em textos, poemas ou simples crônicas de psicose ambulante. Às vezes, a ideia de escrever surge como um raio, e já estamos digitando as palavras e dando coerência a elas; mas nem sempre é assim (na maioria das vezes), escrever dá sim trabalho, requer tempo, até mesmo planejamento.

    Entendo o porquê de você ter dado uma longa pausa nos seus escritos, mas quando tiver um tempinho, volte. Dê forma a suas palavras e só assim elas vão ser lidas, interpretadas e lembradas.

    Até mais!

  1. Foi embora e só nos restou saudade.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...